INSTAGRAM: @derepentetrintei

Olá pessoal!

Resolvi fazer esse vídeo para tentar esclarecer um pouco mais sobre o melasma: esse problema crônica que afeta tanto homens quanto mulheres, mas que pode ter um bom controle se você tiver disciplina e bons hábitos. E nada melhor do que um pouco de conhecimento para saber como prevenir e controlar “essa inimigas” da nossa beleza! Sendo assim: aperta o play!

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=QnMQ-XWcFbM]

De todos os problemas de pele, nenhum é tão desafiador para os dermatologistas como as manchas, especialmente o melasma, aquela marca acastanhada, de contorno irregular, que surge principalmente nas maçãs do rosto, testa e acima dos lábios. E o inimigo é tinhoso: mesmo que você trate com as técnicas mais modernas e use os melhores cremes, basta abusar do sol que o danado volta. O problema surge quando há uma produção e distribuição desordenada da melanina, pigmento escuro produzido pelo organismo para a proteção da pele.

MELASMA

Na verdade, não há uma causa específica para esse tipo de mancha, mas sabe-se que alguns fatores contribuem para o surgimento dele. Alterações hormonais como gravidez e uso de anticoncepcional, assim como exposição ao sol, podem desencadear o problema. Por isso, as mulheres são as mais afetadas e é mais comum nas latino-americanas e orientais.
POSTS RELACIONADOS:
A saída é apostar na prevenção, utilizando filtro solar com muita disciplina (até para trabalhar) e investir nos tratamentos específicos. Veja o que a medicina coloca à nossa disposição para amenizarmos, e muito, esse inimigo da beleza!

TRATANDO O MELASMA:

1) DERMOCOSMÉTICOS:

Mesmo que você faça tratamentos potentes com o dermatologista, vai precisar usar um creme com ação clareadora pelo tempo determinado pelo médico e, claro, usar o filtro solar com muita disciplina. Os ácidos – glicólico, salicílico, retinóico, entre outros – servem tanto para remover as células superficiais da pele e os pigmentos que nela se encontram, clareando o tom, como para favorecer a penetração de outros princípios ativos dos produtos. É o caso da hidroquinona, do ácido kójico e do arbutin, substâncias que inibem a formação de uma enzima responsável por produzir e distribuir a melanina, bloqueando a formação do pigmento que causa a mancha. Existem ainda os antioxidantes, como o ácido tranexâmico, ácido ferúlico, zeniberry (derivado da framboesa) e as vitaminas C e E. Eles inibem a produção dos radicais livres, envolvidos na pigmentação, e protegem a pele da ação danosa dos raios solares. Em maior concentração, todas essas substâncias devem ser manipuladas e usadas com acompanhamento do dermatologista.

2) CÁPSULAS:

Como o aparecimento desse tipo de mancha está intimamente relacionado com a exposição solar, aumentar a resistência da pele à radiação é de grande valia. Hoje, cápsulas ricas em antioxidantes são de grande valia para tratar melasma, pois algumas delas contêm os melhores ativos: resveratrol, picnogenol, Polypodium leucotomos, licopeno, vitamina C e E.Essas cápsulas são apenas coadjuvantes, mas não substituem o filtro solar. As cápsulas antioxidantes podem ser manipuladas com prescrição do seu médico ou fabricadas por grandes laboratórios e encontradas prontas nas farmácias.

3) NO CONSULTÓRIO:

O peeling superficial seriado (mais leve e realizado em diversas sessões) continua sendo a primeira opção dos dermatologistas, pois muitos consideram a prática mais segura (menor efeito rebote). O Laser é indicado apenas para mulheres que não obtiveram resultados satisfatórios com o peelings e com os cremes. Mas, com o lançamento do Spectra Laser Toning, esse quadro tende a mudar. Trata-se de um laser Nd: YAG que atinge diretamente a melanina, quebrando-a em pequenos pedaços e, dessa forma, clareando o rosto. A grande diferença desse laser em relação aos outros é que os pulsos são muito rápidos, em nanossegundos, aquecendo menos a pele e, portanto, prevenindo o efeito rebote – lembre-se de que o calor piora a mancha. –

8 COMENTÁRIOS

  1. Oi Isabelle !!! Vc pode me informa se é contra indicado o uso da vitamina C associado com o DERM AHA ? Desde ja meu muiito obrigada !!! Amo seu Blog tem tirado muiitas duvidas e ajudado muiito , bjos .

    • Olá!

      Não é contra indicado o uso de vitamina C e o Derm AHA! O problema é misturar ácidos, ou seja o ácido retinóico com o Derm AHA! Isso porque a pele pode ficar muito sensível. Ok? Uma noite usa-se um ácido, normalmente, e na outra usa-se a vitamina C. Bjs

  2. Olá Isabelle! Adorei o vídeo… Me identifiquei muito! Tenho melasmas…. Estava fazendo tratamento com dermatologista há um ano… As manchas estavam superclarinhas, porém ela me receitou um creme manipulado mais forte e ocasionou efeito rebote, as manchas voltaram da noite pro dia com maior intensidade. Agora estou fazendo um tratamento com esteticista, chamado “vulcanice”, é um peeling químico… Já fiz 3 qplicações de 5, e mantenho com produtos em casa…. Mas não estou sentindo muita diferença… Não há corretivo que cubra minhad manchas…. Estou bem decepcionada e desanimada! Um beijo!

    • É Ana Paula, é um problema delicado o tal do melasma!

      Nem sei o que te dizer… cuidado agora no verão! Filtro solar até na alma, evite calor, abuse de águas termais e hidrate-se. Um beijo carinhoso

  3. Boa noite Isabella!
    Faço tratamentos com minha dermatologista à alguns anos,no início minha pele ficou ótima, mas
    de um ano pra cá, ela manchou de uma maneira que estou assustada, e triste, não sei se é porque tenho lupos,mas sempre me cuido.poderia postar algo sobre o lupos?Desde já lhe agradeço.
    Um grande beijo!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here