Acredito que sempre chega um momento na vida em que temos que abandonar o “velho” e seguirmos em frente: precisamos assumir o papel de autoras de nossas vidas! Muitas vezes não o fazemos por comodismo, por tradição, por medo, pela sensação de que não conseguiremos algo melhor… ou simplesmente por necessidade de permanecermos na zona de conforto. De fato, aquilo que não te desafia, não te transforma!

Tenho notado isso em todas as áreas da minha vida! Seja na vida pessoal, profissional, na minha saúde… é tão confortável sermos meras espectadoras de nossas vidas e, com simples binóculos, assistirmos a tudo “de boca aberta” como se estivéssemos fadadas a um fatalismo maldoso da parte de Deus: “a Regininha nasceu para dar certo na vida, ter sucesso, ser magra e bem sucedida!”. “Sabe o que é? O marido da Cláudia é um anjo que caiu do céu… ela é sortuda, e eu nunca tive sorte no amor!”. Aprendi que argumentos são desculpas de pessoas que já se entregaram e que, se fato você deseja algo e é inconformada com sua situação… você precisa arregaçar as mangas e ir à luta!

texto

Tudo, mas exatamente tudo na vida, precisa ser construído! Os nossos relacionamentos, a carreira, a saúde, a beleza, a vida espiritual… nós somos autoras de nossas vidas e jamais fugiremos das consequências de nossos atos ou omissões! É maturidade emocional assumir isso! Pessoas que são maduras emocionalmente assistem às vitórias das outras e vibram! E mais: buscam aprender o caminho do sucesso e tentam identificar em suas posturas possíveis erros que as têm desviado do alvo da vitória. Pessoas doentes emocionalmente debocham, zombam, tentam depreciar o brilho da vitória alheia. Isso é tão palpável como o veneno que se destila pelos comentários desvirtuados em redes sociais e risadas atravessadas.

POSTS RELACIONADOS:
PROJETO TRINTEI: EM BUSCA DA MINHA MELHOR VERSÃO!
A TAL DA SELFIE SEM MAKE
ITENS QUE NÃO PODEM FALTAR NO SEU GUARDA ROUPA
FRUSTRE-SE E CRESÇA!

A despeito de toda oposição que pessoas inconformadas e autoras de suas vidas possam sofrer: elas são por natureza REALIZADORAS! Isso as difere claramente daquelas que vivem sonhando com algo… mas sonhar… é apenas sonhar! Existem milhares de sonhadores por aí! Mas realizadores são poucos. O que separa um grupo do outro? A atitude! A postura de sair de sua zona de conforto e partir para a batalha! É gastar mais tempo realizando do que sonhando, mais tempo lutando do que falando, mais tempo suando do que desdenhando… É fácil? Não é! Requer disciplina, rotina, determinação: atitudes que vêm contra nossa natureza que, por essência, grita por inércia! Sim: tendemos a permanecer em repouso ou em movimento (no mesmo movimento)… a menos que uma força exterior intervenha! É que normalmente ninguém intervém! E sabe-se lá Deus o dia em que o meu ou o seu amor próprio gritará tão forte e nós diremos: BASTA! Cansei!

Lutar por um relacionamento melhor, fazer ginástica por uma saúde satisfatória, investir na carreira, estudar para ser aprovada naquele concurso, evitar doces em excesso: são atitudes de pessoas realizadoras e que no tempo certo colherão seus frutos. Isso não significa que batalhas não serão perdidas! Significa que você determinou que você fará parte de um outro time: o time de pessoas que não se conforma com situações desfavoráveis e que resolveu ser autora de sua própria história. Nesse dia, você sentirá o gostinho maravilhoso de estar lutando por  sua vida, e não de ser vítima de um destino fatalista. E quando você vencer… o troféu do merecimento e da luta será acompanhado de muita bagagem de vida e de mais garra para lutar por coisas maiores, e maiores. Então você entenderá que pode ir além, e que problemas foram feitos para serem vencidos!

7 COMENTÁRIOS

  1. Isa muito obrigada por esta reflexão. Tudo que eu precisava ler para refletir.. Minha missão será cumprir tudo o que li. Minha vida como um todo anda uma bagunça sem evolução. E eu como expectadora vendo tudo isso. Atitude, essa é a palavra!! Muito obrigada

  2. Sabe aquele momento que vc precisava ler este texto?
    Não é facil realmente sair do comodismo e minha vontade é de ler este texto todos os dias para me colocar em movimento!
    Nesse momento a vida grita por mudanças de atitudes, a vida ou meu eu interior! E realmente a decisao só depende de mim!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here