A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes entre as culturas ocidentais e, temos que admitir, uma das mais “gostosas” de serem comemoradas!

A origem desta comemoração remonta muitos séculos atrás. O termo “Páscoa” tem o significado de passagem e nesta data comemora-se a ressurreição de Cristo, que para os cristãos não há nada mais importante para festejar!

A figura do coelho está simbolicamente relacionada à esta data comemorativa, pois este animal representa a fertilidade. O coelho se reproduz rapidamente e em grandes quantidades e se refere ao nascimento e a esperança de novas vidas. Os ovos de Páscoa (de chocolate, enfeites, jóias), também estão neste contexto da fertilidade e da vida.

E quem não quer ter a esperança de uma nova vida, ou ter mais fertilidade no campo profissional, amoroso, da saúde? Aposto que todo mundo! Acho mais do que válido comemorar esta data, mas isto não significa exagerar na dose de chocolate, certo?

Na hora de escolher o seu ovo de páscoa, prefira as novas versões que têm de 50 a 70% de cacau, pois os benefícios são muitos: prevenção do envelhecimento precoce e de doenças cardíacas, além de otimizar o bom humor. Fuja do chocolate branco que apresenta maior quantidade de gordura na sua composição e é dos mais calóricos, normalmente aqueles recheados e com amendoins e castanhas.

Páscoa Recheada de Saúde
Ovo de Páscoa Recheado

E não se esqueça de que o melhor horário para saborear o seu ovo de páscoa é após o almoço como sobremesa: quando as fibras solúveis dos legumes e leguminosas estão presentes e colaboram para modular a absorção da glicose e normalizar seus níveis sanguíneos.

Não consumir a carne vermelha nesta data representa um gesto simbólico. É um convite para uma atitude de reflexão e de purificação do corpo e da mente aos 40 dias que Jesus passou no deserto.

A escolha do peixe como alimento está ligada a duas passagens Bíblicas sendo a principal a da multiplicação dos peixes e dos pães, que era o alimento mais abundante da época. Ótima oportunidade para começar a incluir peixes na alimentação! Peixes como atum, pintado, sardinha, arenque, anchova, tainha, bacalhau, truta e salmão são ricos em ômega 3, importante para a redução do colesterol LDL (não benéfico a nosso organismo).

Siga estas dicas e tenha uma PÁSCOA RECHEADA DE SAÚDE!

Beijos Nutridos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here