Se você está na luta contra a balança (como a maioria das mulheres) e o ponteiro da balança permanece imóvel… mesmo fazendo a dieta corretamente, executando exercícios com disciplina, ouça essa: o problema pode estar no seu fígado, ham?


O bom funcionamento do fígado é fundamental para nossa saúde. Isso porque ele atua como um filtro para eliminar toxinas (medicamentos e álcool) e subprodutos de nutrientes como amônia. 
Além disso ele produz a bile, que auxilia a quebra da gordura, bem como tem papel fundamental na absorção de água, vitaminas lipossolúveis e minerais. Outros papéis desempenhados pelo fígados são: regulação da glicose, pressão arterial, glicemia, insulina, estrogênio, testosterona, imunidade, bem como a produção de colesterol no sangue e também a sua remoção. E nós, mulheres, pensamos que nosso papel no emagrecimento é tão grande, né? Imaginem o papel do pobre fígado, principalmente quando ele não é bem cuidado?!?
Post relacionados:
Por causa de todas essas atividades, se o fígado está sobrecarregado, resíduos tóxicos podem estar acumulados na corrente sanguínea, causando inflamação no organismo, fato este que está totalmente ligado ao excesso de peso. Além disso, quando o fígado está sobrecarregado, excesso de gordura irá se acumular, principalmente na região abdominal. Sendo assim, não importa o que seja feito para perder peso se houver alguma disfunção ou intoxicação no fígado!
O SEGREDO: Antes de começar alguma dieta, verifique se você tem algum sintoma de problema hepático, tais como:
* fadiga;
* insônia;
* confusão mental;
* erupções cutânea ou acne;
* problemas digestivos (prisão de ventre, refluxo), glicemia desregulada, sede excessiva e urina em excesso também.
Qualquer dúvida, procure seu médico (de preferência um gastro) para que ele faça uma avaliação da sua função hepática. 
Uma vez que você tenha os resultados, você pode fazer as seguintes mudanças de estilo de vida para ajudar a resolver e até mesmo reverter o problema.
1. Se você fuma, pare;
2. Use medicamentos somente quando necessário;
3. Evite ao máximo bebidas alcólicas;
4. Consuma alimentos saudáveis, livres de conservantes, com pouco sal. Evite embutidos, xarope de milho, aditivos, corantes artificiais. O fígado tem que trabalhar muito mais para filtrar esses alimentos.
5. Consumir vegetais crucíferos, como couve de Bruxelas, brócolis, couve-flor, couve, couve e repolho. Estes contêm compostos de enxofre chamados glucosinolatos que se ligam e eliminar toxinas.
6. Pratique exercícios físicos com regularidade: melhora não apenas a saúde do fígado, como a do corpo em geral!

Um beijo!

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here