Não bastasse a onda de prefixos e sufixos para determinar uma mulher “mercadologicamente” correta, eis que vos digo que a indústria da moda mudou a classificação dos tamanhos, incluindo alguns bumbuns avantajados, coxas roliças ou, simplesmente, uma bela mulher agraciada por Deus por natureza naqueles que seriam os “tamanhos especiais”, ou, se você é adepta do linguajar norte-americano: Plus Size! Se você, querida amiga, veste jeans 42: bem vinda ao mundo Plus Size!

Notícia bombástica para umas, sofrimento terrível para outras, triunfo de sorriso Monalisa para outras mais… Fato é que se Plus Size foi exceção, hoje é regra! Fico aqui batendo meus botões e imaginando qual a estratégia de marketing por detrás dessa façanha brutal. É fácil impor padrões a outras pessoas, quando não se consegue cumprir o seus! Nunca se vendeu tantos suplementos para emagrecimento, remédios, roupas de ginástica, alimentos dietéticos…. Existe um mundo que gira bilhões de dólares para fazer com que você, 42, se torne 36… 

Dê uma passeada pelo Instagram e perceba quais os perfis mais badalados! Certamente as mulheres não malham com roupas simples (como há pouco tempo) e não se alimentam apenas de frutas, legumes e proteínas naturais. Existem rótulos lindos piscando nas fotos, e muito dinheiro por detrás dos hastags inseridos em cada foto! Enquanto isso você 42, 44, 46… vai anotando os produtos e fazendo as contas, pois você é Plus Size e necessita sair desse submundo (não é mesmo?)!

Posts relacionados:
Promova aquilo que te encanta!
Quando eu me amei!
Meus dilemas = Grandes Oportunidades!

A quanta miséria psíquica estamos sendo submetidos! Oi! Não estou fazendo nenhuma apologia ao sedentarismo! Eu mesma vivo numa luta incansável contra a balança: meu foco é saúde, baixar colesterol, ter um controle glicêmico ideal e que isso reflita beleza! Mas se minha natureza é ter pernas roliças e meus shorts forem 42: MORRA A INDÚSTRIA DA MODA! Sou Pluz Size com orgulho e, aliás, nada mini no meu corpo! Coisa chata é gente narcisista que malha o corpo, mas não malha a alma. Pior do que  um corpo fora de moda é alma fora de forma: incapaz de se afetar emocionalmente e de fazer a diferença no mundo!

Nada contra as mulheres lindas e saradas! Tudo contra os valores que residem apenas nisso! As misérias emocionais e a fraqueza do espírito residem na ausência de um Plus de amor, Plus de gentileza, Plus de carinho, Plus de generosidade, Plus de educação…. Muitas vezes nos tornamos tão skinny, que o espaço fica pouco para tantas coisas valorosas!

Aliás: quais os exercícios mesmo para gerarem hipertrofia da alma?

Comments

comments

13 COMENTÁRIOS

  1. Não canso de me deliciar com teus textos (e encontrar-me neles)!!! Amei cada frase, Belle! Se 42 é Plus Size… sou uma com orgulho e alma levíssima!!!!

  2. Adoro seus textos querida, e esse em especial nos faz repensar muitas coisas num meio de tanta tortura psicológica que quer nos obrigar a sermos todas cópias mal feitas de mulheres que na real pouco ou nem existem. Continue nos agraciando com seus lindos textos. Beijos

  3. Todos dizem q sou magra e não preciso me preocupar com o q como. Na verdade, não me preocupo pq gosto de comer, amo doce e cuido de minha saúde na medida e
    pra mim msm e não para atender a rótulos, mas sou e não me “ofendo” de vestir roupas numero 44. Tenho espelho em casa e sei q sou uma mulher realizada e bela. E quem fica nessa neura de estereotipo modelete, é uma pena pq esta perdendo o lado bom da vida! Viver sem neuras!

  4. Olá!! A moda Plus Size surgiu para que existisse de fato moda para os tamanhos além daqueles encontrados em lojas. Antigamente, principalmente quando fui adolescente, as roupas de tamanho acima de 46 eram difíceis de ser encontradas, nos restando apenas algumas malharias. O tamanho 42 sempre existiu, em todas as formas. Faz parte do tamanho “M” da padronagem nacional. O tamanho “G” sempre abrange o 44 e o 46, e a partir daí nem todas as roupas são fabricadas. O termo Plus Size é para tamanhos acima de 44, você certamente não será uma modelo plus size usando tamanho 42.

    • Olá Marília,

      Minha idéia, de fato, é satirizar esse “separatismo” numérico que a indústria da moda tem gerado e também o fato de as modelos “Plus Size” estarem cada vez mais magras. Estão impondo padrões de “magreza” para elas…. e o pior: tem gente comprando!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here