INSTAGRAM: @derepentetrintei

Mas afinal de contas… e o amor? Ah… se existisse uma fórmula matemática para racionalizar esse sentimento tão profundo e arrebatador, acredito que poderíamos descrevê-lo mais ou menos assim: ela uma mega mulher e feliz + ele bem intencionado e que gosta de enviar flores = felizes para sempre! Muitas pessoas estariam bem acompanhadas por seus “tão sonhados” pares nos cinemas, nos restaurantes, nos jantares familiares, na carrocinha de cachorro quente, num passeio de mãos dadas pela orla da praia… ou simplesmente em casa assistindo aquele filminho!
 
Posts relacionados:
 
Concorda comigo? Não! Nem eu concordo… pensei assim até pouco atrás! Eu acreditava que Cláudia se apaixonou por Raimundo porque ele era um cara fantástico, extremamente dedicado ao trabalho e aos pais e, exatamente por isso, seria um excelente marido e, também, um pai maravilhoso. Bobagem! Cláudia apaixonou-se por Raimundo não porque ele passou na sua “peneira social”. Na verdade ela se apaixonou pelos sentimentos que ele despertou nela! 
 
Quando uma mulher se sente amada, desejada… se sente linda e respeitada por um homem… quando seus sonhos são alimentados por ele e que não há espaço para outra pessoa na vida dele além dela…
 
Cláudia quer ser tornar uma mulher cada vez melhor… ela quer fazer aquelas “californianas” porque ele insinuou que adoraria vê-la com os fios naquela nuance… Ah! E Raimundo? No trabalho há inúmeras mulheres lindas e que dão bola pra ele! Até que ele poderia sair com alguém sem que Cláudia soubesse: mas ele entendeu que essa “escapadinha” poderia um dia colocar tudo a perder! Melhor não arriscar! O que são pares de pernas e peitos quando se tem ao lado o amor da sua vida?
FORMULA-AMOR
 
Ama-se não por quantos livros de literatura clássica já se leu, ou se o inglês e o francês são fluentes! Ama-se exatamente pelo que o outro lhe atina, ou desatina! Ama-se pelo cheiro, pela química inexplicável do contato entre os corpos.  Ama-se pelo jeito desconcertado que ele tem de te servir aquele café terrível que apenas ele sabe fazer! 
 
Cláudia ama os sentimentos que Raimundo provoca nela! Com o tempo esses sentimentos amadurecem, se equilibram, tornam-se confidentes e cada vez mais chegados e profundos. Mas a essência continua a mesma entre o casal, pois cada um só consegue se suprir se houver reciprocidade! E viva a beleza do que é o relacionamento!
 
As pessoas estão cada vez mais lindas (homens e mulheres), bem vestidas, bem sucedidas, lotando casas noturnas com seus sorrisos maravilhosos, e cada vez mais sozinhas! As exigências para se relacionar são cada vez maiores, quando o que realmente importa são pequenos detalhes que não aparecem nos currículos de ninguém!  Está tão difícil nos aproximarmos uns dos outros, pois que agora também precisamos passar pelo crivo de várias redes sociais (pois ela mesma filtra por você aquilo que supostamente te convém) e se, por obra de Deus ou do destino “a pessoa” chegar até você… desejo que você esteja num bom dia para vê-la com bons olhos e não julgá-la se ela estiver usando aquele suéter cafona cheio de bolinhas! Pois debaixo daquele suéter pode existir “um certo alguém” que vai despertar os sentimentos… Pense nisso!
 
Um beijo,
 
Isabelle
 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here