Instagram: @derepentetrintei

Oi gente!

Resolvi fazer esse post para falar com as pessoas que me acompanham e acreditam no meu trabalham: não para responder a algumas acusações infundadas que muitas vezes um grupinho esparso acaba soltando por aí.

No vídeo eu explico minha forma de trabalhar aqui no De Repente Trintei, bem como algumas razões que me levaram a começar a escrever para vocês e, posteriormente, partir para o youtube. Aperte o play!

 

POSTS RELACIONADOS:

De Repente Trintei: O Começo do Blog

De Repente Trintei na Globo

Superar Obstáculos: Decisão!

Sobre a depressão Pós Parto, eu ainda quero gravar um vídeo específico, pois ainda se trata de um tabu no Brasil. Na verdade as pessoas empurram para debaixo do tapete aquilo que elas temem ou desconhecem. Mas eu digo com toda propriedade:

Na verdade não importa como as coisas começam… interessa como elas vão terminar! Se a vida tem te levado por caminhos tortuosos e estranhos, não se engane! Faz parte do processo! Todas as coisas irão colaborar para forjar o seu caráter e te tornar uma pessoa melhor! E quando você tiver oportunidade de escolha: escolha vencer! Ainda que isso exija renúncias, sacrifícios, perdas… pode ter certeza de que no final tudo terá valido a pena! Pois não há vitória sem batalha! Não há batalha sem derrota… e derrotas também fazem parte da trajetória! Mas o que importa, sempre, é como será o final da sua trajetória!

Eu agradeço diariamente por todas as pedras que tive que transpor, superar ou mesmo guardar para construir o tal castelo. A depressão pós parto (ou qualquer tipo de depressão, não é brincadeira) e tem tratamento.

Obrigada as mais de 600.000 pessoas que hoje acreditam no meu trabalho e me incentivam a ir além! Foi num dos piores momentos da minha vida que eu produzi pérolas que talvez atraíram o seu olhar.

Um beijo,

Isabelle

Comments

comments

4 COMENTÁRIOS

    • Dear Teacher!

      Que honra receber seu comentário aqui no blog! Você sempre me inspirou e me ensinou não apenas inglês: mas uma forma de melhor me relacionar com as pessoas! Beijos, beijos, beijos!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here